Problemas de Aprendizagem?

Desordem no Processamento Auditivo Central Pode Ser o Responsável.

Revista Bem Estar ed. 46, p. 14.

Crianças que apresentam problemas com troca de fonemas, dificuldades para escrever corretamente ou compreender o que lhe é dito podem ser portadoras da chamada ‘desordem no processamento auditivo central’, também conhecida por DPAC. O distúrbio pode se originar a partir dos primeiros anos de vida ou devido a baixo estímulo sensorial, resultando em dificuldades futuras na organização da linguagem escrita. Conforme explica a mestre em Saúde e especialista em Voz, fonoaudióloga Sabrina Tolentino da Silva, crianças que apresentam DPAC são capazes de ouvir com perfeição, mas não conseguem compreender e organizar as informações corretamente. “Nos primeiros anos de vida é quando ocorrem a formação e o desenvolvimento das vias centrais no cérebro para o início da aquisição da linguagem, registrando palavras, sons e significados que serão usados para sempre, como uma espécie de acervo de dados. Quando estes registros não acontecem de forma correta, as futuras conexões ficam prejudicadas, refletindo em problemas posteriores na área da fala, da escrita, da compreensão e, principalmente, no processo de aprendizagem da criança”, explica Sabrina. O profissional habilitado para auxiliar no diagnóstico e tratar o DPAC é o fonoaudiólogo, e quanto mais cedo for detectado o problema, maiores as chances de sucesso no tratamento. “Nestes casos, uma fonoterapia
específica será aplicada com o objetivo de reabilitação do sistema de processamento auditivo central, de forma individualizada e de acordo com o grau e tipo de DPAC apresentado pela criança”, finaliza Sabrina.





 

Acompanha-me no Facebook

  • Facebook Metallic