Voz Trêmula, Rouquidão?
Fique Atento a Sua Voz

Bem Estar, setembro de 2012.

Também conhecida como “voz desafinada”, a voz tremida é uma alteração da voz que pode indicar a ocorrência de alguns problemas neurológicos. “Se a pessoa está falando num volume normal e começa a observar que a voz está temendo, deve procurar um especialista”, recomenda a fonoaudióloga, mestre em Saúde e especialista em Voz, Sabrina Tolentino da Silva. Segundo ela, a voz pode tremer em situações de fortes emoções, timidez ou medo, mas se você perceber que sua voz está instável mesmo quando não está nervoso, pode ser sinal de algum problema. A citação de Sabrina não contempla a mudança de voz ocorrida na adolescência, principalmente entre os meninos. Por volta dos 13 aos 15 anos de idade, são comuns as mudanças de voz, podendo ficar oscilante em um período de seis meses, até ficar mais grossa, em direção ao padrão adulto de falar. Outra alteração de voz bastante
recorrente é a rouquidão, que atinge as pessoas quando elas exigem muito da voz, como após um show musical onde se cantou bastante e se forçou as cordas vocais. No entanto, em alguns casos a rouquidão exige atenção. “Embora a rouquidão seja um problema muito comum nos professores, não é
normal que sua voz seja rouca ou cansada por mais de duas semanas. Pode haver um problema nas “cordas vocais” ou um uso incorreto da voz”, ensina Sabrina. Algumas doenças, como o câncer de laringe, têm como sinal uma rouquidão que dura mais de 15 dias e deve ser avaliada por um médico otorrinolaringologista. Doença de Parkinson e depressão também são ocorrências capazes de afetar a voz. Vale dizer que, assim como o restante do corpo, a voz igualmente envelhece. Após os 60 anos de idade, as mudanças ficam mais evidentes, podendo se apresentar mais trêmula, mais grossa no caso das mulheres, e mais fina no caso dos homens.