Você sabe qual a diferença da atuação do fonoaudiólogo dentro da escola e na clínica?

​Revista Bem Estar

       São muitos os pais e amigos que me perguntam sobre qual a diferença de trabalho do fonoaudiólogo dentro da escola e da clínica. E hoje vou tentar explicar para vocês.

        O fonoaudiólogo quando atua em escolas tem como missão a prevenção e a identificação de possíveis causas e dificuldades fonoaudiológicas apresentadas nas crianças. Cabe também a este profissional fazer o encaminhamento, quando necessário, para médicos especialistas de acordo com a dificuldade do aluno. Lembrando que este é um trabalho realizado lado a lado entre a escola, os pais e o fonoaudiólogo. Além disso, o fonoaudiólogo dentro do ambiente escolar é responsável igualmente por auxiliar nas questões fonoaudiológicas de escrita, trabalhando as letras e sua consciência fonológica e também na realização de várias atividades em sala de aula voltadas à promoção da saúde fonoaudiológica dos alunos.

 

  E, para isso, são realizados diferentes exercícios como, por exemplo, brincadeiras com o uso de balões, língua de sogra e bolinhas de sabão, que possibilitam ensinar as crianças e terem uma respiração e fala correta.

  Mas você deve estar se perguntando: o fonoaudiólogo pode realizar atendimento clínico dentro das escolas? Não. Todo atendimento clínico neste caso deve ser realizado fora do ambiente escolar. Além do quê, a legislação que regulamenta a atuação deste profissional proíbe esse tipo de ação.

  Porém, diferentemente da atuação em âmbito escolar que está mais relacionada à prevenção, o trabalho do fonoaudiólogo na clínica é aprofundado com técnicas e estratégias individuais e de acordo com a necessidade de tratamento de cada paciente. Apesar de que na clínica também seja possível fazer prevenções, a grande maioria dos trabalhos realizados com os pacientes são inteiramente focados no tratamento, reabilitação e na sua evolução.